6 motivos responsáveis pela sonolência diurna excessiva

FacebooktwitterFacebooktwitter

Se você sente muito sono após o almoço ou em atividades mais passivas, como palestras e aulas, basta lavar o rosto ou tomar café. Porém, quando o sono durante o dia se torna um problema diário, você pode estar sofrendo de sonolência diurna excessiva.

Esse é um problema que pode gerar graves consequências, como falta de concentração, por exemplo. É importante identificar a causa do sono excessivo para tomar as devidas providências.

Se você sente muito sono no decorrer do dia porque costuma dormir tarde e acordar cedo, é fácil resolver esse problema, ou seja, mudar seus hábitos. Porém, se você costuma dormir de 7 a 8 horas por noite, pode estar sofrendo de algum distúrbio. Veja aqui alguns motivos responsáveis pela sonolência diurna excessiva.

sonolência diurna excessiva

Por que sinto muito sono durante no decorrer do dia?

Cochila muito durante o dia, não consegue ficar acordado ou tem dificuldades para se concentrar? É importante verificar se você não está sofrendo de algum distúrbio do sono.

Se você dorme a quantidade de horas suficiente para a sua idade, mas se sente sonolento durante o dia, precisa buscar ajuda médica para que se possa detectar a causa. Sentir muito sono durante o dia é um problema que pode estar ligado a muitas causas. Conheça algumas:

1. Apneia

Você pode não perceber, mas enquanto dorme para de respirar por diversas vezes e isso prejudica a qualidade do seu sono. Pessoas que sofrem com apneia do sono tendem a ter sonolência diurna excessiva e não entende a causa, já que costuma se deitar cedo.

Devido à falta de ar, você pode acordar diversas vezes durante a noite, o que deixa o seu sono mais leve. Isso pode prejudicar o seu descanso, portanto, requer tratamentos adequados, já que prejudica as suas atividades comuns no dia a dia.

2. Ritmo circadiano desregulado

Se o seu ritmo circadiano não funciona corretamente, você acaba sentindo sono durante o dia. Por funcionar como relógio natural do nosso corpo, o ritmo circadiano contribui em estruturar, efetivamente, as atividades biológicas. Portanto, é importante que ele funcione adequadamente.

3. Narcolepsia

Não é muito comum, porém, pode causar sérios problemas já que a pessoa dorme em qualquer ambiente. Seus sintomas incluem sonolência excessiva, paralisia do sono e fraqueza muscular em episódios temporários.

Esses ataques de sono ocorrem até mesmo quando a pessoa está cozinhando ou dirigindo um veículo. Por isso é essencial procurar um especialista para detectar o problema e iniciar um tratamento.

4. Alimentos que causam cansaço físico e mental

Alguns alimentos são responsáveis pela fadiga e se você consome regularmente, precisa evitá-los. Entre eles: alimentos altamente processados, gordurosos e açucarados. Para sanar o problema, invista em alimentos que ajudam na concentração e converse com o seu médico para que ele passe uma dieta adequada.

5. Síndrome Crônica de Fadiga

Se você sente exaustão com frequência e sem motivo aparente, acompanhada de dores nas articulações e músculos, pode estar com Síndrome Crônica de Fadiga. O maior problema é que ela não permite a realização de tarefas cotidianas. Para solucionar o problema, procure um especialista.

6. Movimentos periódicos dos membros

Assim como a Síndrome das pernas inquietas, é uma vontade incontrolável de movimentar os membros. Durante o repouso, a pessoa sente grande necessidade de movimentar as pernas ou outros membros, o que prejudica o início do sono. Isso pode se repetir quando o indivíduo se levanta para ir ao banheiro ou tomar água no meio da noite, causando um cansaço ainda maior no decorrer do dia.

Se você sofre com a sonolência diurna excessiva e não consegue identificar a causa, busque ajuda médica. É importante iniciar um tratamento o quanto antes para melhorar a sua qualidade de vida.

Por: Andreia Silveira, contribui com o site PlanodeSaúde.net.

 

travesseiro antialergico

 

FacebooktwitterFacebooktwitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *