Posição correta para dormir: como definir o melhor para você?

facebooktwitterfacebooktwitter

Posição correta para dormir

Quando se tem uma dor crônica ou uma condição especial, muitas vezes é complicado encontrar a posição correta para dormir. Parece que a cada vez que você busca um arranjo diferente o resultado é o mesmo: a dor e o desconforto persistem, se é que não se agravam. Pensando nisso, a ciência foi atrás de respostas e trouxe boas notícias para quem tem saudade de uma noite de sono bem dormida.

Ao longo dos anos foram conduzidas pesquisas para determinar qual é a melhor posição para possibilitar uma noite de sono tranquila e revigorante. Esses estudos mostram que, primeiramente, a posição com o corpo virado para o lado esquerdo é a mais recomendada. Ela favorece a ação do sistema linfático, circulatório e reduz a incidência de apneia e refluxo gastrointestinal. Sem contar no bom alinhamento da coluna e na distribuição correta do peso pelos músculos.

Mas existem outras possibilidades…

Conheça a posição correta para dormir na sua condição

1 – Gestante

Até o quinto mês, as gestantes sofrem com uma enorme carga de hormônios, o que as deixa sonolentas. Mas após esse período, e com o crescimento da barriga, dormir pode se tornar realmente complicado. A recomendação dos obstetras é de que se opte pela opção deitada de lado com um travesseiro entre as pernas para aliviar a pressão nos joelhos e alinhar o quadril.

Mas no caso das gestantes a escolha do lado é realmente primordial. Deitar do lado direito compromete o bombeamento de sangue e a consequente transmissão de oxigênio para os órgãos e útero. Essa restrição de oxigênio não causa danos nem ao bebê nem à mãe, mas faz com que a criança fique agitada, o que pode comprometer ainda mais a noite de sono.

Já uma posição que é repudiada por ortopedistas na gestação é dormir de barriga para cima. Nesse caso, o peso do útero pode comprimir a veia cava e dar uma sensação de falta de ar e cansaço.

2 – Refluxo gastrointestinal

Cerca de 20% dos brasileiros têm sintomas de refluxo gastrointestinal, que nada mais é do que o desconforto causado pela volta do ácido gástrico para o esofâgo. Além de uma dieta mais equilibrada, o que muitos gastroenterologistas recomendam para quem tem essa condição é que busque a posição correta para dormir: virado para o lado esquerdo. Isso acontece porque tanto o estômago quanto o pâncreas, que secreta as enzimas para a digestão, ficam do lado esquerdo do corpo. Com menos pressão deste lado eles trabalham melhor e possibilitam a diminuição dos sintomas da azia. No entanto, deitar do lado contrário pode piorar a situação na mesma proporção.

Outra possibilidade é dormir de barriga para cima, mas em uma posição mais inclinada. Neste método, quem garante que o suco gástrico ficará no lugar correto é a própria gravidade.

3 – Dor nas costas

Duas posições são as mais corretas para quem tem dores frequentes nas costas: a de barriga para cima e a de lado. Na primeira opção é importante colocar uma almofada ou um travesseiro logo abaixo dos joelhos para diminuir a pressão na lombar e no abdômen e proporcionar uma melhor curvatura da coluna. No caso de dores nas costas não faz tanta diferença em qual lado você opte deitar.

Outro fator para se atentar é o travesseiro. Muitas vezes as dores nas costas acontecem porque esse objeto está muito alto ou muito baixo em relação ao ombro, nos obrigando a desalinhar a coluna para compensar. A dica é que ele não ultrapasse a altura dos ombros ou fique muito pouco acima disso. Também não é recomendado o uso de travesseiros com texturas muito grossas.

4 – Torcicolo

O torcicolo geralmente é causado pelo uso indevido de travesseiros ou por uma grande carga de tensão ao longo do sono. Além disso, dormir de cabeça para baixo favorece (e muito) essa condição porque obriga que você torça todo o pescoço para poder respirar. Evite essa posição sempre que possível.

Quando se tem essa dor não existe uma posição correta para dormir. De barriga para cima, de lado ou em posição fetal são posições recomendadas. A preocupação deve ser com o travesseiro, para que ele fique em uma posição neutra e alinhada com os ombros.

5 – Apneia e ronco

Tanto a apneia quanto o ronco são causados por dificuldades ou obstruções nas vias respiratórias. No caso do ronco, o estreitamento dessas vias compromete a passagem de ar e, consequentemente, causa vibrações extras nas estruturas, produzindo esse som característico. Já a apneia tem como origem um desequilíbrio no cérebro que interrompe o sinal de respiração para os pulmões centenas de vezes ao longo da noite.

Ambas as condições podem ter seus sintomas aliviados dependendo da posição que se optar dormir. As de barriga para cima ou para baixo não são nem um pouco recomendadas porque causam obstrução nas vias aéreas e colocam pressão sobre a musculatura próxima a elas.

Prefira dormir de lado para evitar atrapalhar o(a) companheiro(a) ao longo da noite.

cta-guia-completo-colchao-arq-do-sono

facebooktwitterfacebooktwitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *