Dormir engorda? Mitos e verdades sobre o sono

FacebooktwitterFacebooktwitter

dormir engorda

O raciocínio é simples: ao dormirmos nosso metabolismo diminui e, consequentemente, temos o risco de acumular alguns quilinhos a mais, certo? Bem… não muito. O fato é que o ato de dormir é estudado à exaustão por cientistas há décadas e muitas relações entre descansar e o peso que vemos na balança já foram detectadas.

Mas muitas dessas informações (como se dormir engorda, se a alimentação ingerida antes de dormir tem alguma relação com a qualidade do seu sono etc.) são repassadas sem muito cuidado na internet.

Separamos os cinco maiores questionamentos sobre a relação entre comida e o sono para respondê-las. Confira:

Dormir engorda?

Na verdade, bem o contrário. Durante o sono liberamos um hormônio chamado leptina, que é conhecido por promover a saciedade. Ou seja, sentimos menos fome ao longo do outro dia. Já quando dormimos tempo insuficiente produzimos mais grelina, que nos induz a comer mais.

Além disso, quando dormimos entre 7 horas e 9 horas por dia ficamos menos ansiosos e estressados, dois componentes conhecidos por aumentarem a vontade de comer.

Falta de sono pode causar obesidade?

Algumas pessoas afirmam que a obesidade é uma das diversas doenças que podem ser agravadas se apenas dormimos em um período curto de tempo. Isso acontece porque a falta de sono causa a liberação acelerada de cortisol e adrenalina, hormônios relacionados ao estresse. Já o estresse está ligado aos quadros de ansiedade e compulsão por alimentação.

Dormir tarde engorda?

Você pode até pensar que está dormindo bem, afinal, está descansando por oito horas. No entanto, um estudo recente da Universidade de Berkley, na Califórnia, mostrou que o horário em que você vai se deitar também afeta diretamente o peso. A hipótese é de que com o aumento dos hormônios que causam fome você se alimente mais vezes ao longo do dia. Além disso, a adrenalina também pode fazer com que você retenha gordura como forma de estocar energia.

Fato é que os pesquisadores observaram que as pessoas que foram dormir cada vez mais tarde apresentaram um aumento de 2% no índice de massa corporal e até 2 pontos a mais no índice de massa corporal (IMC) do que uma pessoa com as mesmas características que dorme mais cedo.

O excesso de peso pode atrapalhar na hora de dormir?

Com certeza. O sobrepeso aumenta a quantidade de gordura corporal tanto ao redor da traqueia quanto da própria língua. Esse volume comprime a garganta e torna a respiração mais difícil, causando problemas como o ronco e piorando quadros de apneia.

O que você come antes de dormir afeta o seu sono?

Verdade! Consumir produtos que são considerados estimulantes poucas horas antes de dormir pode fazer com que você demore mais para pegar no sono e até afetar a qualidade dele como um todo. É o caso de bebidas à base de cafeína (café e chá preto), energéticos (sintéticos e pó de guaraná) ou muito gordurosos.

Outro fator importante é a quantidade de comida que você ingere logo antes de se deitar. Ao longo do sono, o seu sistema digestivo praticamente para de funcionar. Ou seja, a recomendação é de comer alimentos leves e em porções menores antes de dormir.

cta-guia-completo-colchao-arq-do-sono

FacebooktwitterFacebooktwitter

One thought on “Dormir engorda? Mitos e verdades sobre o sono

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *